Reservar
Melhor Tarifa Disponível

Dentro das muralhas

Catedral da Sé

Construída em 1186 em estilo românico e mais tarde restaurada em gótico. Não pode deixar de ver o relicário revestido por 1426 pedras preciosas — e um pedaço de madeira que se julga ser o da Verdadeira Cruz. Atrás da catedral há um lugar onde, dependendo da estação, servem um pequeno-almoço vegetariano, variado e barato.

Igreja dos Loios

Construída em 1485 como convento sobre as ruínas de um castelo árabe. Os azulejos são excecionais e o português que assinou o Tratado de Tordesilhas (1494) está aqui sepultado.

Aqueduto da Água da Prata

Trata-se de uma obra-prima da engenharia do século XVI e é um dos nossos monumentos icónicos. Siga o aqueduto dentro das muralhas de Évora e veja como as casas foram construídas no interior das arcadas. Pode fazer uma foto fantástica.

Capela dos Ossos

Construída no século XVI por monges franciscanos para convidar à contemplação da natureza transitória da vida. Aproximadamente 5 mil esqueletos, de 42 cemitérios locais, estão em exibição – ironicamente, todos menos os ossos dos monges que criaram a capela.

Praça do Giraldo

Uma maneira ótima de passar uma hora a observar as pessoas. A peça central da nossa praça mais importante é uma fonte de mármore que data de 1570.

Universidade of Évora

Esta universidade jesuíta do século XVI é a segunda mais antiga de Portugal. Apreciamos sobretudo os azulejos que decoram as entradas das salas, representando cada uma das matérias estudadas.